‘Brexit’: governo português “salvaguardará os interesses” dos emigrantes portugueses

O artigo 50.º do Tratado de Lisboa, que desencadeia o processo de desintegração do Reino Unido da União Europeia, ainda não foi accionado pelo governo britânico. Razão pela qual o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas considera “prematuro admitir qualquer cenário” de risco para a comunidade de portugueses residentes no país em questões como os requisitos legais de permanência, relações laborais, fiscalidade, investimentos e livre circulação.

Em declarações à Antena Lusa, José Luís Carneiro diz acreditar na posição conjunta dos países europeus de que “não pode haver acesso ao mercado único sem garantir a liberdade de circulação de pessoas”. Uma posição em bloco na qual “todos os países estão a alicerçar o seu discurso político e o modo como encararão a relação com a União Europeia”. Estão em causa “mais de três milhões de europeus a viver, a trabalhar e a investir no Reino Unido”, recorda.

José Luís Carneiro adianta que o governo português “reforçou os meios humanos dos Consulados Gerais de Londres e Manchester”, instruiu os os funcionários para “esclarecer o movimento associativo” nestas duas regiões e criou “linhas de atendimento telefónica e online” que possam “informar, esclarecer e apoiar os portugueses que se encontram no Reino Unido”.

Escute aqui as declarações.

About author

Joaquim Martins

Joaquim Martins

Jornalista desde 2005 na Rádio Altitude, histórica e ainda hoje pioneira no universo das rádios locais em Portugal. Quando ingressou no ensino superior em Leiria, fez caminho na 'Central FM', outra rádio precursora, esta já no tempo das «piratas». Colaborou com o Rádio Clube Português; com a revista 'Invest', magazine do segmento económico; integrou a equipa de correspondentes do 'Correio da Manhã' e faz parte dos repórteres fundadores da CMTV em 2013. Lidera a 'Antena Lusa', rádio on-line de informação em língua portuguesa, convicto de que a rádio passará a ter a Internet como meio, mas será sempre rádio.