Reino Unido: ‘Brexit’ trava subida média dos salários

A subida dos ordenados no Reino Unido deverá travar este ano devido às expectativas negativas do ‘Brexit’ na economia. De acordo com um relatório do Banco de Inglaterra, baseado num inquérito a 341 firmas que empregam 530 mil trabalhadores no país, é esperado que a actualização dos vencimentos seja, em média, de 2,2% em vez dos 2,7% registados em 2016.

Já a inflação britânica deverá subir aos 3%, resultado da queda da cotação da libra, que encarece a compra de produtos importados e leva a uma subida generalizada dos preços.

Fotografia: Cliff Howard/FreeImages.com

About author

Joaquim Martins

Joaquim Martins

Conta com mais de 20 anos de carreira na Rádio Altitude – a primeira estação local portuguesa com emissões regulares desde 1948. Quando ingressou no ensino superior em Leiria, passou por uma das pioneiras entre as «rádios piratas«: a extinta 'Central FM'. Em 2005, de regresso à Guarda, trabalhou no Rádio Clube Português e colaborou com a revista do segmento económico 'Invest'. Integra a equipa de correspondentes do 'Correio da Manhã' (jornal) e faz parte da rede de repórteres da CMTV (televisão) desde a fundação. Inspirado pelos pioneiros da rádio, quer fazer da 'Antena Lusa' um projecto inovador de internacionalização do jornalismo em língua portuguesa.